Compartilhe:

Uma operação integrada das Polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba, inclusive com o uso do helicóptero Acauã da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, que foi deflagrada no Sertão da Paraíba, culminou com várias prisões em diversas cidades da região.

Segundo o delegado Sylvio Rabelo, da 3ª Superintendência de Polícia Civil da Paraíba, as ações aconteceram nas últimas 24 horas nas cidades de Patos, Itaporanga, Catolé do Rocha e Cajazeiras, contabilizando 10 prisões de suspeitos de homicídio e tráfico de drogas.

“Na cidade de Patos houve a presença do helicóptero Acauã da Sesds na manhã de hoje e foram presas três pessoas, por homicídios e tráfico. Em Catolé do Rocha duas pessoas foram presas com pistolas. Em Cajazeiras, mais duas com duas armas de fogo e em Itaporanga cinco pessoas foram presas com três armas e drogas”, informou o delegado Sylvio Rabelo.

Ainda de acordo com o delegado, as últimas ações têm por objetivo conter os índices de CVLIs (Crimes Violentos Letais Intencionais) na região do sertão.

Ele destacou o trabalho realizado pela integração das Polícias e pela Força Tarefa que foi envidada para o Sertão do Estado. “Em Catolé do Rocha, por exemplo, faz um mês que não ocorre homicídios, isso devido aos trabalhos realizados pela Força Tarefa da Segurança Pública que está na região auxiliando os policiais civis e militares que trabalham nessas cidades”, concluiu.

A população pode contribuir com a Polícia Civil realizando qualquer tipo de denúncia através do disque-denúncia pelo número 197. A ligação é gratuita e é garantido o anonimato do denunciante ou da denuncia.

Polícia Civil da Paraíba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *